Simplesmente Lu

Junho 18 2009

O texto é do Yúdice Andrade, advogado, professor, blogueiro, pai coruja etc.  Me uno à jornalista, blogueira, mãe coruja etc, Waleiska Fernandes (Falo porque tenho boca), e também reproduzo aqui o post. Concordo com a análise do Yúdice sobre o trabalho do jornalista Roberto Paiva. Sugiro, inclusive, que se crie um movimento do tipo "para engolir o Paiva, só com um engov antes e dois depois". Ou ainda "Roberto Paiva: o 'entojo' nosso de cada dia". 

 

O texto original está no blog Flanar - diversidade de opinião, que é abastecido por sete flanares:

 

Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

O fim do mundo, segundo Roberto Paiva

A Rede Globo mantém um jornalista correspondente no Pará. Ele utiliza a infraestrutura da TV Liberal, afiliada global no Estado, mas tem total autonomia para definir suas pautas e produzir suas matérias. O problema é que Roberto Paiva, o atual correspondente - esse sujeito que aparece na imagem abaixo -, parece estar muito insatisfeito com a missão que lhe foi dada pelo empregador. Ou então teve algum problema em terras paroaras e decidiu ir à forra. O fato é que denegrir a imagem do Pará parece ser o único objetivo do moço.
Praticamente todas as semanas somos brindados com os serviços de utilidade pública produzidos por Paiva, exibidos em rede nacional. Hoje, p. ex., tivemos mais um exemplo, no Bom Dia Brasil. A matéria já começa com o apresentador dizendo que quando você pensa já ter visto tudo sobre absurdos no trânsito, vem o Pará surpreender.
A matéria mostra absurdos, sim. Mas desafio qualquer um a provar que sejam típicos do Pará. Transporte de pessoas em locais proibidos, estradas depauperadas, ausência de documentação, excesso de velocidade, veículos caindo aos pedaços, etc. Só existe aqui? Sugiro, então, ao honorável jornalista que compre a revista 4 Rodas e procure, logo no começo, a seção de fotos enviadas pelos leitores. As barbaridades são mandadas de todos os cantos do país, inclusive do Sudeste Maravilha, e também envolvem transporte irregular de pessoas e cargas, veículos apodrecidos ou modificados ilegalmente, dentre outros problemas.
Paiva parece ter um ódio especial por Belém, para onde veio mostrar que os ônibus poluem o ar com fumaça negra, avançam sinais fechados e até circulam sem documentos. Tudo coisa restrita a Belém do Pará, com certeza. E usando o velho recurso de editar a reportagem para destacar os aspectos que se quer, colocam um sujeito da CTBel falando asneira.
Mas Paiva tem outros méritos: é desinformado ou age de má fé. Digo isso porque ele afirma que a PA-150 é a "principal estrada do Pará". Você pode conferir a idiotice no texto escrito constante do sítio do jornalístico. Nunca foi. Mas a afirmação pode ser útil, porque permite ao venerando jornalista mostrar uma estradinha estreita e ordinária, sem acostamento e toda empoeirada, para causar nos brasileiros a sensação de isso-aí-é-a-principal-estrada-do-Pará-?, que deve ser o seu objetivo.
Honestamente, o denuncismo de Roberto Paiva já encheu. Escrevo esta postagem em solidariedade a um amigo que odeia o cara e cogita até confrontá-lo, qualquer dia, se topar com ele pela rua. Quem sabe Paiva não ganha mais uma pauta para detonar com os paraenses?
Nem vou pedir que alguma autoridade paraense proteste contra esse senhor. Mas e você, paraense, cidadão comum, o que acha disso?
 
publicado por Luciane Barros Fiuza de Mello às 03:57

Olá! Muito bom o teu blog.

Eu achava que só eu pensava o mesmo sobre esse jornalista chamado Roberto Paiva. Qual será a "mordição" dele com o nosso estado? Eu gostaria muito de saber pra entender o porquê de ele fazer tantas reportagens negativas sobre nosso estado, sendo que coisas negativas há em todo o país. Mas o que me dá mais raiva é ver que a TV liberal permite essas reportagens irem a nível nacional.
Victor Scantlebury a 10 de Julho de 2009 às 21:29

Concordo que denúncias contumazes e mal intencionadas não ajudam em nada,(aliás, só ajudam, se você fôr do BEM), mas também acho incorreto querer tapar a "boca da IMPRENSA", acobertando coisas e casos nefastos & enfadonhos, como por exemplo, só um exemplo, a POLITICAGEM CORRUPTA desse PAÍS e estados que aí ESTÃO!!
Ao contrário, se vc não é "POLÍTICO" e sendo também deveria aplaudir, as denúncias das MARACUTAIAS, sim! A nível país e não somente a um estado!
... e VIVA o JÁDER B......!!...se é assim que vcs querem....! Abraços!!
Cláudio a 3 de Junho de 2011 às 15:08

Eu costumo dizer " QUE O BRASIL É A PERIFERIA DA EUROPA" porque tudo aqui só funciona no tranco, como carro velho. Pois se fosse aqui no meu estado São Paulo ? Ficaria muito contente. Se existe toda esta carência como foi mostrado na reportagem ? Está mais do que na hora do poder público agir como deve ! Aqui no sudeste quando uma reportagem deste naipe, torna-se notícia, em seguida o responsável pelo departamento toma providência, isto é muito bom porque se a imprensa não mostrar ? Continua irregular.
Marta Dias a 19 de Abril de 2013 às 12:43

' Oi,meu nome é RAYANE DINIZ,tenho 19 anos,moro em PATROCINIO /MINAS GERAIS e tenho algo a contar pra vcs ja tentei entrar em contato com o jornalista ROBERTO PAIVA e nao consegui,venho pedi pra alguem do blog que me ajude,pois tenho algo pessoal para contar sobre este jornalista é algo muito importante para mim ,preciso saber ou descobrir algum meio de contato com ele urgente,ou intam tereii que soltar na net e pra TV sobre o que sei sobre ROBERTO PAIVA.
Alguem poderia me ajudar? fico grata desde ja se laguem tiver interesse de saber sobre esse assunto...se alguem tiver me adicionem no meu (msn) e entre em contato comigo por favor ! obrigado.
rayane diniz a 29 de Outubro de 2009 às 17:25

eu tenho certeza que intenção do jornalista não é difamar o Pará nem seu povo mais denuciar o poder publico do estado . como em todo o Brasil existe problema em uns lugar menos em outros mais como e no caso do para. como sei que no Para morram cidadôes maravilhosos que merece mais do poder publico. sei que ai tambem tem coisas maravilhosa como sua gente nossa gente porque tambem sou brasileiro como eu. culinaria cultura do pará tambem e fantastica. pois e conheço Pará. Ha não ser que vc e politico ou filho de algun coronel. porque quem odeia o pará e vc
Durval a 16 de Dezembro de 2010 às 15:14

CONCORDO DURVAL! Aplaudido!!
Cláudio a 3 de Junho de 2011 às 15:18

Só uma pergunta:
Por acaso, você FAZ parte do PODER ou da minoria privilegiada, desse país que aí está?? Ocultar problemas prá debaixo do CAPACHO/ CAPAXO , não ajuda a população como um todo! mas a ALGUNS, ah isso "ajudou"!!! Beijo!!
Cláudio a 3 de Junho de 2011 às 15:16

Ser pai coruja não é virtude, mas sim, é o mínimo que uma AMEBA IRRACIONAL, deve ser para o sucesso da sua prole! (Vide o ANIMAL PLANET)...!! Otário, Mané...!!
Cláudio a 3 de Junho de 2011 às 15:23

Para quem não entendeu o tom do post, a questão aqui não é o jornalista fazer ou não a denúncia - basta ler os blogs que indico. Jornalista deve, sim, denunciar e cobrar das autoridades responsáveis, mas não de forma tendenciosa, fora do contexto, com informações erradas e, o que é pior, fazer disso um costume. Esse tipo de atitude só piora os problemas do Estado e a visão que muitos ainda têm do Pará. Ainda bem que já faz tempo que ele não é mais correspondente da Globo aqui. Abs e agradeço as visitas. Lu.

Pelo que li nos post anteriores, parece prática comum no Pará, calar as pessoas, se eu fosse o Paiva botava minha barba de molho, se não quiser ser ele a noticia como tantos sindicalistas, trabalhadores rurais e religiosos, jagunços e matadores de aluguel no Pará tem aos montes e matam por uma cachaça/pinga.
Sebastiao a 1 de Janeiro de 2012 às 14:02

Ele é via do!
Anónimo a 18 de Novembro de 2017 às 02:31

Conheço. Não é não
Anónimo a 28 de Novembro de 2017 às 23:49

alguém aí conhece um bom advogado que atua na área da internet? calúnia, difamação, etc ?
Anónimo a 8 de Dezembro de 2017 às 17:16

mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19

21
22
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO